RESULTADO DA REUNIÃO COM O GOVERNO MUNICIPAL

Ontem, 16/09, mais uma vez na reunião entre a Administração Municipal e a diretoria do SISMMAR – Pra Mudar, não foi possível finalizar as pendências apontadas pelo Sindicato em relação ao PCCS do Magistério, pois o representante técnico, Dr. Peres e a Secretária da Educação, não estiveram presentes.

Entendendo que não podemos mais esperar, fizemos a discussão desta pauta. Sem o impacto financeiro em mãos, em que pese termos solicitado anteriormente, travamos firmemente que a deliberação da assembléia fosse atendida. Com esta defesa e a interferência do Secretário de Gestão e finanças que finalmente entendeu que a tabela salarial precisa ser discutida com o sindicato, o que até o momento efetivamente não aconteceu, chegamos às seguintes deliberações:

· A Administração apresentará outra proposta de tabela salarial para que seja contemplada a solicitação do SISMMAR que é a de alteração do piso inicial e consequentemente os demais.
· A reivindicação das Supervisoras e Orientadoras Educacionais de incorporação da gratificação por encargos especiais, segundo informações do governo FOI ATENDIDA. No entanto, não foi disponibilizada esta tabela para o Sindicato.
· As representantes da SEDUC (Pedrina e Lourdes), presentes na reunião, assumiram o compromisso de repassar ainda hoje, 17/09, cópia da última versão do PCCS com as alterações debatidas na mesa de negociação feitas até o momento.
· A Administração Municipal agendará última reunião com o Sindicato para apresentar a 2ª proposta de tabela e as pendências do corpo do PCCS.

OUTRAS QUESTÕES CORRELATAS A EDUCAÇÃO FORAM DISCUTIDAS:

· Insalubridade das auxiliares de serviços gerais que atuam na cozinha – Há meses que estamos levantando essa situação junto a SEDUC e já havíamos solicitado à Secretária o levantamento do número de servidoras que não estão recebendo tal benefício. Porém este levantamento não foi apresentado na reunião. Deliberou-se que a SEDUC encaminhará à Secretaria de Administração a relação nominal dessas servidoras para o pagamento imediato de tal benefício.
· Abuso de poder por parte de chefia – Diante da reclamação de algumas trabalhadoras de um dos Centros Municipais de Educação Infantil e a tentativa de solucionar o problema através do diálogo não ter surtido efeito, o SISMMAR estará enviando para a Administração a solicitação de abertura de processo de sindicância contra a diretora deste local e processo civil de ASSÉDIO MORAL.

Com relação ao PCCS do Magistério o SISMMAR entende que o prazo para a aprovação e implantação está atrasado. A Administração Municipal através do chefe de gabinete afirma que também tem este entendimento, no entanto só depende deste Governo essa agilidade.

Se a administração realmente tem esse interesse, demonstrará apresentando ao SISMMAR as reivindicações ainda pendentes antes do dia 03 de outubro quando faremos a assembléia para apreciação da categoria do resultado final obtido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × dois =