SISMMAR realiza Assembleia Geral com servidores

O SISMMAR realizou na última quarta-feira (23) Assembleia Geral com a categoria para discutir o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, Trimestralidade, eleição de delegados para o congresso da FESSMUC (Federação dos Sindicatos de Servidores Municipais Cutistas), representantes do FUNDEB e GAE Zona Norte e Residência Terapêutica.Foram apresentadas as deliberações aprovadas pela plenária dos servidores aposentados em relação à trimestralidade. Os trabalhadores aprovaram as propostas dos aposentados para pressionar a administração para o pagamento deste direito dos servidores que a administração Ricardo Barros (PP) retirou.Outra reivindicação da categoria está na implantação do PCCR. Os trabalhadores querem que o prefeito nomeie uma comissão imediatamente para acompanhar a implantação do Plano, com a participação do sindicato. Já o SISMMAR irá realizar um levantamento financeiro para verificar a possibilidade da contratação de um técnico para auxiliar na construção do Plano de Carreira juntamente com as plenárias que devem ocorrer com cada categoria. Ainda sobre o PCCR, os servidores também se dispuseram a mobilizar os demais trabalhadores para que filiem-se ao Sindicato e fortaleçam a luta de toda a categoria.Outro assunto em discussão foi a eleição dos delegados que participarão do congresso da FESSMUC, que será realizado em Maringá nos dias 6 e 7 de agosto, sendo escolhidos 10 representantes, sendo 8 mulheres e 2 homens. Também foram escolhidas as duas conselheiras que irão representar os professores no FUNDEB.
Já sobre o GAE Zona Norte e Residência Terapêutica o SISMMAR resolveu não esperar mais a resposta do prefeito sobre o assunto e deve entrar na Justiça para garantir o pagamento aos servidores destes setores. Essa é uma pauta que o SISMMAR estava negociando há mais de seis meses, inclusive com a concordância da administração em resolver o problema e, agora, recuou.
Já nos informes, o SISMMAR esclareceu aos trabalhadores que, sobre as perdas da greve, o prefeito não cumpriu os prazos que ele mesmo pediu para dar uma resposta se aceitaria ou não as deliberações aprovadas em assembléia pelos grevistas. Continuaremos tentando pactuar o acordo feito entre o SISMMAR e a administração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 − dois =