Espaço da Cidadania ? (Carta do Servidor Paulo Vidigal)

Me chamo Paulo Emerson Vidigal,trabalho em um posto de saúde, sou ex diretor da atual gestão do Sismmar (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais).Sou do Comando de Greve da histórica greve dos 31 dias e por último respondo junto com 31 companheiros processo administrativo movido por esta administração municipal.
Na noite de quarta feira fui ao “Espaço da Cidadania” no Centro Social Urbano da Tuiuti juntamente com o vice presidente e um funcionário do Sismmar.
Lá fui como cidadão que sou ,para exclusivamente ,ouvir o prefeito.
Quando nos sentamos sentaram-se ao nosso lado ,estratégicamente, dois típicos “leões de chácara”.Tenho que salientar que já tinha visto estes dois homens no decorrer da greve aparentemente como seguranças.
No espaço da cidadania, fiz algumas fotos, afinal o local é público. Por volta das 21:40 nós três nos retiramos e fomos pegar o carro que havia ficado nos fundos do CSU.Para minha surpresa os dois “leões de chácara “chegaram correndo,me agrediram com socos e jogaram-me contra um carro parado,amassando-o, retiraram minha câmera e diziam: ”Vocês vão aprender a não fotografar mais os outros” e “ não avise a polícia que vai ficar pior pra vocês”. Meu amigo saiu correndo e foi chamar a atenção das pessoas.
Os persegui pedindo minha câmera de volta e tanto aquilo não era um assalto ,que me devolveram a câmera após eu apagar as fotos em que eles estavam.Chamei a polícia que lavrou um B.O no local , juntamente com o dono do carro que ficou amassado e testemunhou tudo.
O que mais dói não é a agressão física e sim a agressão a minha dignidade, a minha liberdade, a minha “cidadania” .Qual a ameaça que eu represento a certas pessoas a ponto ser agredido e receber intimidações ? Essa não é a democracia que eu quero para minha filha, para minha cidade e para o meu país.

Paulo Emerson Vidigal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis − três =