NAQUELA ÉPOCA, NÃO EXISTIA O PREFEITO SILVIO BARROS II…

A luta continua! Em 2006, com a greve dos servidores públicos de Maringá, lembrei-me da confederação do Equador. Naquela ocasião, os revoltosos foram derrotados pelo imperador, os líderes foram presos e outros condenados à morte. Frei caneca, um dos líderes, foi condenado à forca. A medida cruel foi substituída por fuzilamento. Não encontraram em Pernambuco um carrasco para levar a cabo o enforcamento. Naquela época, não existia o Prefeito Silvio Barros II.

Reinaldo Vizigali Carrara
Servidor Público Municipal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

vinte − 7 =