DESCASO COM A SAÚDE




A Administração Municipal tratou com o maior descaso a reunião que aconteceu na segunda feira com o SISMMAR.
Após esperarmos vários dias para obtermos a agenda, o Secretário da Saúde, que era pessoa chave na reunião, não estava presente. O pior é que a reunião foi marcada às 17 horas para que ele assim pudesse estarà reunião. Outra ausência lamentável foi a do chefe de gabinete que, na mesma tarde, havia confirmado que estaria na reunião.
Fato foi que entregamos o abaixo assinado para o Secretário de Administração que sequer verificou a quantidade de assinaturas e nem qual era o teor . Todos os presentes na reunião não abriram qualquer possibilidade de diálogo sobre as 30 horas semanais, nenhuma das 3 propostas do sindicato foi aceita. Resta saber se o prefeito Sivio Barros II, sabe que os servidores não foram avisados que a partir de 1º de setembro terão que cumprir 8 horas, que tem servidores que para sobreviver, trabalham em 2 turnos e que não terão tempo de se adaptarem ao novo horário, que fazer isso unilateralmente é uma falta de respeito ao servidor.
Estamos pedindo no mínimo 30 dias para que os servidores recebam a ciência oficial da nova carga horária, isso é o mínimo que a administração que diz valorizar os servidores deveria fazer. Da parte da diretoria do SISMMAR – Pra Mudar, queremos parabenizar a cada servidor ou servidora da saúde que assinou o abaixo assinado demonstrando que a categoria, após a greve de 2006, volta a se organizar e a se fortalecer. Foram mais de 700 ( setecentas) assinaturas na sua esmagadora maioria só de estatutários, por si só o abaixo assinado já foi uma vitória dos trabalhadores que estavam calados.
Depois de muito argumento garantimos que os servidores que atuam em dois trabalhos e necessitem de tempo para se adaptarem a esta nova carga horária, devem relatar o fato a chefia e informar o sindicato pois ficou acertado que nesses casos, será concedido um prazo para esta adequação. Também conseguimos com muito esforço o reconhecimento do Secretário de Fazenda que solicitou ao Procurador Geral do Município, pesquisa quanto a possibilidade de na implantação do novo plano de carreira, tratar todos os servidores que exercem suas funções na secretaria de saúde de forma diferenciada dos demais.
Convocamos os servidores da saúde para uma plenária no dia 2 de setembro, ás 19 horas, na sede do sindicato, para darmos prosseguimento na luta pelas 30 horas semanais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 − um =