Depois de perder várias ações na Justiça, prefeitura manda projeto de licença maternidade de 180 dias para celetistas

Após várias vitórias na esfera judicial o SISMMAR conseguiu que a Prefeitura de Maringá reconheça e estenda o benefício da licença maternidade de 6 meses às gestantes celetistas. O projeto de lei já está na Câmara de Vereadores para ser votado. Está é mais uma vitória do SISMMAR, Sindicato filiado à CUT. Parabéns as servidoras celetistas que não tiveram receio em entrar com a ação judicial pelo sindicato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 + vinte =