Servidor (a), fique alerta!

Estamos em mais um ano eleitoral e a utilização de máquina pública para campanha política persuadindo servidores (as) para votar em determinado candidato apoiado pela administração é uma prática proibida.
O SISMMAR já recebeu denúncias a este respeito e conversou com o secretário de Administração para que fosse tomada as devidas providências. Mesmo assim novas denúncias envolvendo o mesmo tema tem chegado até o Sindicato.
A orientação é que o (a) servidor (a), em caso de pressão ou coação para votar em determinado candidato indicado pela chefia, deve ligar no Sindicato informando a chefia e a secretaria onde o fato ocorreu para que se tome novas providências.
O voto é secreto. Viva a democracia!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

onze − quatro =