Desvio de dinheiro público, como fiscalizar??

No último dia 14/01/2011, foi manchete na capa do jornal “O Diário” de Maringá denúncias de irregularidades no gasto com dinheiro público na área da saúde.

Importante relembrar que ainda no ano de 2010, imediatamente após receber informações acerca de indícios de tais irregularidades, o SISMMAR, na pessoa de sua presidente Solange Marega, representante da Entidade Sindical no Conselho Municipal de Saúde, solicitou pauta para que se deliberasse acerca da instauração de auditoria independente na Secretaria de Saúde, solicitação esta aprovada pelo Conselho.

Esperamos que as investigações não parem por aí, mas sim, que se busque com clareza responsabilizar todos os possíveis envolvidos, e que sejam dadas respostas a todas as perguntas, dentre elas: O problema está apenas na auditoria? Existe relação da auditoria com o financeiro, ou outro setor?

O SISMMAR entende que é preciso apresentar todos os relatórios realizados acerca do assunto aos Conselheiros, a fim de possibilitar uma união no combate às irregularidades, ou a qualquer desvio. Importante lembrar que nada esta irregularidade envolve dinheiro público, o qual bem aplicado poderia ajudar a resolver diversos problemas enfrentados diariamente pela população na área da saúde, por isso é dever de todos, e principalmente os conselheiros, devem fiscalizar seu destino, exigindo sua aplicação corretamente. Estamos de olho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito − quatro =