Situação precária da UPA Zona Norte revela os problemas com a falta de estrutura

Não é de hoje que a situação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Norte está insustentável. O vereador e presidente da Câmara, Ulisses Maia, visitou o local e publicou em sua página pessoal numa rede social a situação calamitosa do serviço, inclusive questionando a situação precária de trabalho que os servidores (as) estão submetidos.

O vereador Humberto Henrique (PT), membro da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Maringá, avalia que a capacidade de atendimento da unidade não foi levada em consideração pela administração na construção do espaço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

treze − 8 =