Azedou de novo! Servidores (as) do Samu continuam recebendo comida imprópria ao consumo

Há quase um ano os trabalhadores (as) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) entravam em greve, e um dos motivos era a péssima qualidade da alimentação oferecida aos servidores (as). Depois de muita luta, em fevereiro deste ano o Legislativo aprovou abertura de crédito suplementar para licitação de ticket alimentação.

Porém, até o momento os servidores (as) continuam recebendo comida azeda, o que segundo os próprios trabalhadores (as), foi constatado pelo diretor do serviço que denunciou o problema a vigilância sanitária. Esperamos que o sofrimento esteja chegando ao fim, com a abertura dos envelopes do processo licitatório marcado para o próximo dia 20, às 13h45.

Destacamos que estes trabalhadores (as) não podem se ausentar de suas atividades e realizam a escala de serviço 12/36. Lembramos também que este foi um compromisso da administração com os servidores (as) para o fim da greve em julho do ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 2 =