Assembleia da Educação aprova proposta alternativa de calendário

Dirigente Matheus Luz realiza a apresentação da proposta da Seduc para o Calendário Escolar – Foto: Matheus Gomes

Em assembleia realizada na noite desta quinta-feira (15), na sede do SISMMAR, servidoras e servidores da Educação se reuniram para debater o Calendário Escolar 2023. O encontro foi chamado pela direção sindical após diversas tentativas de contato prévio com a Seduc para que a construção do próximo ano letivo fosse feita da forma mais democrática e participativa possível.

Diferentemente do que ocorreu em outros momentos, desta vez a proposta de calendário da Prefeitura de Maringá foi modelo único, sem qualquer consulta ao SISMMAR ou às servidoras e servidores. Em reunião no começo de dezembro com integrantes da Secretaria Municipal de Educação, a gestão Sindicato é pra Lutar criticou a medida e anunciou que chamaria assembleia para que a categoria pudesse ter espaço para colocar as opiniões.

Assembleia teve espaço para a apresentação de propostas para construir um calendário alternativo ao da Seduc – Foto: Matheus Gomes

Assembleia

Com início às 19h em segunda chamada, no Auditório do SISMMAR, a direção sindical realizou novamente a apresentação do modelo elaborado pela Seduc com detalhamentos mês a mês. Após a exposição, abriu-se amplo espaço para debate dos possíveis problemas do formato criado pela administração municipal e também para que as sugestões fossem colocadas de maneira objetiva. Ao final de todas as análises e discussões, foram apresentadas, votadas e aprovadas seis propostas de modificação do modelo de Calendário Escolar 2023:

PROPOSTA SEDUC

PROPOSTA DE ALTERAÇÕES

01/02/2023 – Reunião Equipe Pedagógica 01/02/2023 – Reunião Administrativa
02/02/2023 – Reunião Administrativa 02/02/2023 – Reunião Pedagógica
03/02/2023 – Reunião Pedagógica 03/02/2023 – Planejamento/Estudo
06/02/2023 – Planejamento/Estudo 06/02/2023 – Início das Aulas
20/12/2023 – Dia Letivo 20/12/2023 – Término das Aulas
21/12/2023 – Término das Aulas 21/12/2023 – Fechamento do Ano Letivo

Diante destas sugestões aprovadas na assembleia, o documento finalizado pela direção sindical foi oficializado junto à Seduc, com os devidos argumentos utilizados. A partir do encerramento desta etapa de fundamental importância para que as medidas que impactem na vida das servidoras e dos servidores sejam construídas de forma democrática, a gestão Sindicato é pra Lutar solicita que a Seduc aprove as sugestões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dez + um =