Em defesa da liberdade de escolha dos servidores!

 União da categoria é a chave para as vitórias!

Com muita luta, reuniões, negociações e assembleias, a direção do SISMMAR junto dos Administrativos conseguiram avanços históricos para a categoria, obtendo uma conquista de anos de espera. Desde o primeiro dia de nova gestão no sindicato, dirigentes e servidores estiveram unidos e focados na pauta para conquistar mudanças positivas na carreira de forma a impactar nos salários. Apesar de não resolver a disparidade salarial entre os cargos, algo amplamente debatido por todas as partes, os ganhos reais aprovados em assembleia para auxiliares, agentes, assessores e assistentes representam um incontestável avanço econômico por meio da mobilização do sindicato e dos trabalhadores organizados.

Em assembleia realizada na última semana, no dia 4 de março, houve a constatação indiscutível de que pessoas promoveram práticas antissindicais, com assédio, abusos e outras situações de mesma natureza antidemocrática. O que se observou a partir disso, foi um receio e desinteresse por parte da categoria em comparecer à assembleia e, principalmente, em votar por uma das opções disponíveis. Por esta razão, a impugnação da assembleia do dia 4 foi realizada. Para além da impugnação, o chamado para uma nova assembleia com uma nova metodologia de votação, a fim de proteger os servidores de qualquer abuso, com o recado bem claro de que a direção sindical não aceitaria práticas antissindicais, deixam evidente que o caminho escolhido foi efetivamente acertado.

Em assembleia realizada na última semana, no dia 4 de março, houve a constatação indiscutível de que pessoas promoveram práticas antissindicais, com assédio, abusos e outras situações de mesma natureza antidemocrática. O que se observou a partir disso, foi um receio e desinteresse por parte da categoria em comparecer à assembleia e, principalmente, em votar por uma das opções disponíveis. Por esta razão, a impugnação da assembleia do dia 4 foi realizada. Para além da impugnação, o chamado para uma nova assembleia com uma nova metodologia de votação, a fim de proteger os servidores de qualquer abuso, com o recado bem claro de que a direção sindical não aceitaria práticas antissindicais, deixam evidente que o caminho escolhido foi efetivamente acertado.

Com cerca de 500 servidores depositando seus votos em duas urnas e a prevalência bastante significativa de uma das opções, inclusive revertendo o resultado anterior, não há qualquer dúvida de que práticas antissindicais atrapalham e interferem negativamente a tomada de decisões da categoria. Diante desta constatação na prática e da vitória da liberdade de escolha de cada uma e cada um, a gestão Somos Todos SISMMAR afirma, mais uma vez, que estas ações que limitam a liberdade dos trabalhadores serão combatidas e tratadas de forma intransigente e totalmente em defesa da liberdade de escolha de cada servidora e cada servidor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

20 − 11 =